De que serve?

     De que serve o dinheiro se não temos tempo? De que serve termos tantos recursos quando não os podemos usufruir?

     Podemos viver iludidos o tempo que quisermos, mas uma coisa é certa: o dinheiro não compra tempo. Pelo contrário, investimos o nosso tempo para adquirir dinheiro. O problema aqui é, naturalmente, a falta de tempo, tempo esse que necessitamos para investir em nós mesmo(a)s.

     Trocado por miúdos, estamos tão focados em ter dinheiro para investir depois que nos esquecemos de nós, de cuidar de nós, de nos darmos espaço para evoluir enquanto pessoas. O presente é muito importante – o dia de folga é importante; o fim-de-semana é importante; a viagem a um lugar novo é importante.

     Não estou com isto a retirar a importância ao dinheiro, pois necessitamos dele para sobreviver e para adquirir coisas para nós e para quem mais estimamos. No entanto, por vezes, estamos tão focados em ter mais e mais e mais que acabamos por nos negligenciar, e é importante que tal não aconteça se queremos ser mais produtivos no dia-a-dia.

     O dinheiro tem um peso significativo na nossa vida, é certo, mas precisamos de viver apenas em sua função? E se andarmos a juntar durante anos a fio e perdermos tudo numa catástrofe, numa crise financeira, ou numa guerra? De que nos servirá termos trabalhado tantas horas extra? Tantos dias de folga perdidos? De que nos vale tentar chegar a um patamar muito mais elevado se a queda é maior?

     O equilíbrio é importante. Ganhar o suficiente para pagar as contas e ter algum dinheiro de parte para um investimento maior – uma viagem, um carro, ou mesmo um empréstimo – sim. Andar a trabalhar que nem um escravo para não ter tempo para si e para as pessoas que ama, não. O dinheiro não merece assim tanto do nosso esforço. O nosso tempo na Terra é limitado, por isso, usufrui de cada momento teu.

Elisabete Martins de Oliveira
30.10.2019

Publicado por

Nascida no dia da Liberdade, trago-a comigo na mente todos os dias. Sou companheira da Natureza, da sua simplicidade e complexidade, e aprecio o seu silêncio e os seus tão magnos sons – especialmente os do Mar. Tenho um encanto pela Música, pela inspiração que me traz para todos os momentos da minha vida. Sou apaixonada por viagens e autocaravanas, e por tudo o que o mundo me pode ensinar. E sou amante da Escrita, aquilo que me define, o mais incrível e deslumbrante modo de vida que consigo conceber.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s