Dica #29 – Começa por algo mais pequeno

Este é o novo formato das Dicas de Escrita Criativa! 🙂

Quando pensas numa ideia, imaginas logo um livro centrado nela. Começas a criar as personagens, a sequenciar os acontecimentos, e a sentir o enredo ganhar forma.

E, depois, estacas. Apercebes-te do trabalho que dá escrever um livro. Tens de preencher a história com detalhes e ter um início, meio e fim coesos. Sentes a pressão de preencher centenas de páginas com a substância que a ideia não tem.

Entras em pânico. Como é que vais escrever tantas páginas? Quanto tempo é que isso demora? O meu conselho é: começa por algo mais pequeno, como:

  • Um micro-conto: escreve uma história até 1000 palavras;
  • Um conto: uma história até 7.500 palavras;
  • Uma novella: desafia-te a escrever uma narrativa até 40.000 palavras.

Qualquer que seja o formato que escolhas, lembra-te que a história não tem de ficar por aqui. Qualquer ideia pode tornar-se num livro! No entanto, pratica a escrita em formatos mais pequenos para te preparares para a jornada que é escrever um livro!

E tu, já escreveste algum destes?

Elisabete Martins de Oliveira

12.02.2021

Publicado por

Nascida no dia da Liberdade, trago-a comigo na mente todos os dias. Sou companheira da Natureza, da sua simplicidade e complexidade, e aprecio o seu silêncio e os seus tão magnos sons – especialmente os do Mar. Tenho um encanto pela Música, pela inspiração que me traz para todos os momentos da minha vida. Sou apaixonada por viagens e autocaravanas, e por tudo o que o mundo me pode ensinar. E sou amante da Escrita, aquilo que me define, o mais incrível e deslumbrante modo de vida que consigo conceber.

2 thoughts on “Dica #29 – Começa por algo mais pequeno

  1. Olá, Ana Gui,
    Muito obrigada por partilhares! O teu método é excelente, é a divisão em etapas que faz com que as tarefas não pareçam tão difíceis de concretizar! 🙂 Na escrita, também podemos começar por formatos mais pequenos, porque partir logo para um livro, um romance, é um verdadeiro desafio. A nossa perceção de autoeficácia aumenta quando começamos e terminamos um projeto. E, com um livro, isso pode levar anos! Já com um conto, não demora assim tanto. 😉 E, quando dividimos um projeto (um livro) em partes mais pequenas, ele torna-se mais fácil de realizar.
    Concordo plenamente, é começando pelas peças mais pequenas de um puzzle que poderemos construir um maior! 😉
    Obrigada e um beijinho!

    Gostar

  2. Olá, Elisabete!
    Esta tua dica é muito apropriada. Sabes que quando algo, na vida, me parece muito difícil, tenho tendência a criar etapas para ir subindo a montanha que o desafio representa. Todavia, apesar de ter recorrido a esta solução ilimitadas vezes, nunca tinha perscrutado usá-la para a escrita. Por isso, agradeço muito esta tua partilha. Tens toda a razão, começar por peças mais pequenas daquilo que pode desenvolver para um puzzle maior.
    Muito obrigada e boas letras!

    Liked by 1 person

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s