Genuína emoção

Pergunto-me quantas emoções cabem dentro de um coração ao mesmo tempo. Como quando apanhamos conchas na praia e tentamos segurar tantas ao mesmo tempo que, a certa altura, elas começam a transbordar, caindo de volta na areia. Será possível sentir uma alegria imensa e, ao mesmo tempo, uma tristeza tão grande que quase nos sufoca? […]

Ler Mais

As saudades da praia

A praia invoca a saudade que em mim mora. Estico os dedos e quase lhe toco, na água fria que ondula ao seu ritmo. Inspiro o ar do mar salgado, os meus pulmões abrem-se para a sua chegada. Voo para um lugar que tanto me é familiar. A mente é traiçoeira. Leva-me até aos recantos […]

Ler Mais

Curiosidade

A areia áspera. As pedras lascadas. O céu cinzento. Este é o caminho que tenho diante de mim. A cada passo, o bater do coração. A cada inspiração, a imagem de um lápis sobre o papel. A cada expiração, o o apertar do peito. Uma súplica. Desacelero. Vamos com calma. É tão fácil para mim […]

Ler Mais

Um acto de altruísmo

Já cheira a Natal. No ar, vagueiam vários cheiros familiares – o bacalhau com batata cozida, ovo e grão, as filhoses, as fatias douradas deliciosas, a broa sobre a mesa, os sonhos e os chocolates a perder de vista. E, ainda mais do que os odores, as vozes circulam no ar – a dos avós, […]

Ler Mais

Natureza

O místico Loch Ness, na Escócia.

Ler Mais

Desfruta da viagem

      São dez e meia da noite. Lá fora, os carros percorrem as estradas, e eu consigo ouvi-los da minha janela. Parece que vão com pressa. Mas para onde? Para onde viajam apressados numa terça-feira à noite? O que há de especial neste dia?          A brisa fresca da noite recorda-me do calor do […]

Ler Mais

Colorido, livre Verão

         E o Verão chega, o seu calor inundando o ambiente, despertando sorrisos e a tão necessária tranquilidade após meses de exigência, ansiedade e batimentos cardíacos demasiado acelerados.          As cores revelam-se mais vivas: O amarelo dos chapéus de sol. O cor-de-rosa das bóias. O verde das toalhas. O azul do mar. Os raios solares, […]

Ler Mais

Onda

         Na praia povoada de sons, de sensações e de uma paisagem de cortar a respiração, mergulho até ao fundo. Abro os olhos, e todo um novo mundo afigura-se diante de mim. É mágico, é exuberante e, talvez, talvez… indescritível.          Mas não para mim. A areia sob a água é macia e leve, as […]

Ler Mais

Aurora

     Antes do sol, as cores mágicas no céu inundam os meus olhos, num espelhar de emoções. Atento à forma destas nuvens, que se estendem como mantas sob um azul tão ténue. Este momento que antecede o nascer do sol é único, eleva a esperança que ainda existe em mim.      Tal como o próprio […]

Ler Mais

Hoje, sentei-me e reflecti sobre o sentido da vida

Hoje, sento-me e contemplo o mar. As ondas rebentam mesmo diante de mim, com a sua admirável força, com o seu magno som povoando os meus ouvidos. Não recuo um único centímetro, uma palma de mão, um metro. Não me assusto. Assumo o mar como parte de mim. Inspiro, e sinto o sal purificar os […]

Ler Mais

Mensagem do Ancião

Também já tive a tua idade. Eu sei que, para ti, pode até parecer estranho, imaginar-me mais novo, sem estas marcas que a idade deixa transparecer à medida que nos tornamos mais velhos – as rugas que delineiam todo o nosso corpo, a voz mais apagada, menos firme, a memória mais viva do que sempre, […]

Ler Mais

Este caminho

Percorro esta estrada vazia, contemplando fugazmente a natureza que me rodeia. A esta velocidade, não consigo concentrar-me na sua beleza tão singular. As minhas emoções envolvem-me de tal forma que não me consigo concentrar, pois todas as minhas energias se esgotaram, consumidas por esta mágoa que não consigo descrever. O tempo passa, as árvores também, […]

Ler Mais

Um tanto só e somente isso

Sinto-me um tanto só e é somente isso. Sinto que a solidão, que me assiste sistematicamente, sorri sarcasticamente. E eu assim me sinto, só, escutando o som de suaves sonetos que soam a serenidade. A minha sanidade não é segura, é antes saciada pela insalubridade da incerteza. Soam estranhos, os sons sádicos da insanidade. Soam […]

Ler Mais

Imóvel

O tempo pára no instante em que me deparo com a realidade diante dos meus olhos. Não é ficção, antes fosse, antes me pudesse redimir, fugir daqui, para um outro lado qualquer. Mas os meus pés não se movem. E isto é aflitivo. O meu corpo, petrificado, ali permanece, a minha mente voa dali para […]

Ler Mais

Catapulta-me

Catapulta-me para um outro mundo, pois já não sei viver neste espaço vagabundo. Catapulta-me para uma outra dimensão, esconde a razão, escuta o meu coração. Tudo é sempre tão difícil de aguentar… então porque não me levas para um outro lugar, para eu me curar…? Sente o meu mundo, que é tão profundo. Toca na […]

Ler Mais