Sobre a imaginação

Como é parte da minha profissão, eu passo muito tempo no mundo imaginário. É um requisito. O meu trabalho requer um desenho quase real de um mundo, de personagens que têm de se assemelhar, tanto quanto possível, a pessoas autênticas, e a situações intensas que eu tenho de saber interpretar e descrever segundo a personalidade […]

Ler Mais

Dica #18 – Pensa nos teus leitores

Estás a escrever um livro e queres, um dia, publicá-lo. Afinal, queres ver todo o teu trabalho recompensado tendo-o nas tuas mãos, em formato físico e/ou e-book. Conheces a tua história como ninguém – sabes tudo sobre os teus personagens, sobre os locais que descreves, e até conheces possíveis alternativas ao teu enredo. Mas, quando […]

Ler Mais