Escrita

Afio o lápis uma vez mais. A pressa escapa-me pelas mãos. A ânsia desfaz equívocos. A gana de escrever é grande, magna. As palavras soltam-se, velozes, no papel. Ganham asas vindas da imaginação. A escrita liberta-se do lápis, da mão, da alma, Numa magia que me eleva. E eu atendo aos seus pedidos. Debruço-me sobre […]

Ler Mais