Dica #36 – Pensar sobre escrever não chega. Escreve!

Tu, enquanto escritor/a, tens uma imaginação ilimitada. As ideias fluem livremente, e a mente consegue formular fios de enredos bastante complexos. Consegues encontrar motivos para histórias nas coisas mais simples: numa ida à praia; num almoço num restaurante; numa multidão concentrada num único lugar. Pensas em histórias, em ideias para livros. Mas pensar não chega, […]

Ler Mais

Dica #35 – Segue o teu sonho de ser escritor/a

Mais ninguém vive na tua mente. Só tu sabes como o teu sonho te impulsiona, te move e te faz querer mudar o mundo! Só tu conheces a tristeza e a frustração de não o estares a seguir; de te focares noutras coisas que não importam e que nada adicionam à tua vida. Tu sabes […]

Ler Mais

Profissão: escritora

Quando eu era pequena, queria ser veterinária e, um pouco mais tarde, violinista — duas profissões começadas por “v”, imagine-se! Só não sabia, na altura, que a profissão que eu iria escolher tinha a mesma inicial que o meu nome: escritora. Na escola, gostava de escrever. Tive a sorte de ter uma professora incrível, que […]

Ler Mais

Dica #24 – Esquece os rascunhos perfeitos

Muitos de nós, escritores, querem um livro perfeito, uma história a quem os críticos e os leitores não possam apontar falhas. Por outras palavras, somos perfecionistas. E isto é natural. Queremos dar o nosso melhor em tudo o que fazemos. Mas querer um manuscrito perfeito à primeira tentativa não é, simplesmente, possível. Por mais prática […]

Ler Mais

Dica #23 – Adiciona conflito à tua história

As tuas personagens não são perfeitas. Tal como nós, pessoas, os nossos protagonistas, antagonistas e personagens secundários têm defeitos. Esta é uma componente importante na criação de personagens credíveis e com a qual os leitores empatizem. E, como todas as pessoas, elas têm conflitos durante o seu percurso de vida. É isso que impulsiona a […]

Ler Mais

Será que és escritor/a?

Se não consegues viver sem escrever, sem produzir histórias de ficção na tua mente e no papel, então compreenderás que escrever não é uma escolha, mas algo que a tua mente te impele a fazer. Quando digo às pessoas que escrever, para mim, não é uma opção, mas algo que tenho intrinsecamente de fazer, recebo […]

Ler Mais

Dica #18 – Pensa nos teus leitores

Estás a escrever um livro e queres, um dia, publicá-lo. Afinal, queres ver todo o teu trabalho recompensado tendo-o nas tuas mãos, em formato físico e/ou e-book. Conheces a tua história como ninguém – sabes tudo sobre os teus personagens, sobre os locais que descreves, e até conheces possíveis alternativas ao teu enredo. Mas, quando […]

Ler Mais

Dica #17 – Abre a tua história com algo incrível

Tu escreveste uma história incrível: Um enredo poderoso, repleto de personagens irresistíveis e de ação que agarra o leitor até à última página. Reveste o teu manuscrito e achas que está pronto para o lançares ao mundo! Mas… falta uma coisa. Como é que abres o teu primeiro parágrafo, a tua primeira página? Verifica se, […]

Ler Mais

Acabei de escrever o meu segundo livro!

Terminar alguma coisa – o que quer que seja – pode trazer emoções distintas. Podemos ficar felizes, exultantes, até, ao terminarmos um curso; por outro lado, podemos olhar com tristeza para este mesmo evento, porque significa o desfecho de boas experiências que ficarão armazenadas na memória. Mas terminar um livro é, para mim, é como […]

Ler Mais

Dica #16 – No início, esquece o “perfeito”

Quem não quer um livro “perfeito”? Quem não quer um manuscrito imaculado, sem erros, com uma história irresistível? Todos nós, escritores, almejamos a perfeição das nossas obras. É natural. Faz parte do nosso sentido de pertença ao mundo da literatura. Faz parte do nosso perfecionismo. No início, porém, o teu manuscrito não vai ser perfeito. […]

Ler Mais

Dica #12 – Usa as emoções nas tuas histórias

O que torna os seres humanos únicos? Vários aspetos, eu sei. Um desses corresponde à emoção. A complexidade das nossas emoções é algo incrível e que, quando aplicada a uma história, a poderá elevar a uma qualidade literária notável. Quando constróis personagens para a tua história, certifica-te de que: Têm complexidade emocional suficiente (adquirida através […]

Ler Mais

Dica #10 – Utiliza a música como veículo emocional

A música produz reações emocionais em nós – desperta-nos alegria, tristeza, raiva, auto-comiseração. Muitas vezes, até selecionamos playlists mais tristes ou alegres para evocar emoções. Muitas vezes, tu, enquanto escritor/a, não te encontras no estado de espírito correspondente ao da cena que estás a escrever. E, aqui, tens duas opções: ou escreves uma cena diferente […]

Ler Mais

Dica #8 – Escreve sobre aquilo que gostas

Escrever é uma jornada. Há descidas divertidas, momentos de êxtase, e também subidas íngremes. E esta jornada torna-se muito mais agradável quando nos sentimos emocionalmente ligado/as ao tema sobre o qual estamos a escrever. Se escreveres sobre o que gostas, vais sentir-te: Mais motivado/a; Mais investido/a; Menos tentado/a a procrastinar; Mais feliz no processo de […]

Ler Mais