Sobre a imaginação

Como é parte da minha profissão, eu passo muito tempo no mundo imaginário. É um requisito. O meu trabalho requer um desenho quase real de um mundo, de personagens que têm de se assemelhar, tanto quanto possível, a pessoas autênticas, e a situações intensas que eu tenho de saber interpretar e descrever segundo a personalidade […]

Ler Mais

Essa coisa dos favoritos

Diz-se, muitas vezes, que não se deve ter preferidos: uma mãe não deve ter filhos preferidos; uma professora não deve ter alunos favoritos; uma médica não deve preferir certos pacientes a outros. Mas será que é sempre assim? Será que não estamos apenas a forçar uma ilusão de igualdade para que essa seja socialmente aceite? […]

Ler Mais

Dica #6 – Cria personagens cativantes

Criar personagens é um processo divertido. Imaginamo-las, aos seus atributos físicos, à sua personalidade, à forma como falam, aos seus nomes e até vestes. Imaginamo-las em situações – ou melhor, nas situações em que as iremos colocar! O processo de criação de personagens é simples. Pensa num ser humano e identifica: Que qualidades tem? E […]

Ler Mais