Poesia

E há quem ainda olhe o mundo sob os olhos da poesia. E nele vê encanto, inspiração, beleza, contemplando o amanhecer. Mas sente a tristeza, o roer do arrependimento, a chuva da dor. E, perante as emoções, sente-as intensamente, vive-as como suas. Nessa maravilha que deslumbra, olha o mundo inteiro pelos olhos da poesia.   […]

Ler Mais