As saudades da praia

A praia invoca a saudade que em mim mora. Estico os dedos e quase lhe toco, na água fria que ondula ao seu ritmo. Inspiro o ar do mar salgado, os meus pulmões abrem-se para a sua chegada. Voo para um lugar que tanto me é familiar. A mente é traiçoeira. Leva-me até aos recantos […]

Ler Mais

Uma carta para o amanhã

Inglaterra, 6 de Maio de 2020   Querido Mundo, Escrevo-te esta carta em jeito de desabafo. Sei que presencias o que se passa, tal como eu. Sei que assistes ao sofrimento diário de cada pessoa que em ti habita. Como é carregar esse peso nos ombros? Consegues lidar com toda esta crueldade? Pois eu não. […]

Ler Mais